O Capital no Século XXI

PIKETTY, Thomas. 2013

O que começa como um excepcional livro de economia e estatística se conclui como um medíocre manifesto ideológico.

As primeiras trezentas e cinquenta páginas, aproximadamente, de “O Capital…” trazem um dos conteúdos mais divertidos, bem escritos, informativos e impecavelmente pesquisados dos últimos anos, sendo muito difícil não concordar com a tese central de que “uma vez constituído, o capital se reproduz sozinho, mais rápido do que cresce a produção. O passado devora o futuro” (p. 555). Não obstante, as últimas cento e tantas páginas abandonam completamente o rigor metodológico em prol de um proselitismo pouco convincente ou mesmo realista. Até a escrita de Piketty, hipnótica no começo, se degenera no enfastiante discurso dos livros didáticos da área, restando pouco incentivo para que o leitor, seja ele casual ou aficionado, compre as soluções propostas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s