Class Divide

LEVIN, Mark. 2016.

Inconsistente, mas charmoso, além de uma bela homenagem (intencional ou não) à cidade de Nova Iorque.

Não é muito consistente em seu argumento (e acho que nem sabe ao certo a tese que deseja desenvolver), mas este documentário funciona tanto como uma boa base para discussões e polêmicas quanto como uma homenagem à cidade de Nova Iorque. Seus personagens são todos carismáticos (com especial menção à garotinha Rosie), os instantes de sentimentalismo são poucos e contidos e a análise histórico-social da cidade é robusta o suficiente para justificar o filme como um válido testemunho para a posteridade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s